CULTURANOTÍCIASPOLÍTICA

Artistas que foram contra Bolsonaro recebem ameaças de boicote

Em meio às campanhas eleitorais de 2018, atores, cantores, personalidades e celebridades do Brasil demonstraram suas preferências políticas. Muitos se posicionaram contra o candidato eleito Jair Bolsonaro (PSL) e agora são alvos de ameaças de boicote nas redes sociais.

De acordo com o site Nocaute, seguidores de Bolsonaro estão convocndo pelo Whatsapp o boicote a mais de 700 personalidades que se opuseram à candidatura do ex-capitão. Entre eles estão a cantora Anitta, as atrizes Camila Pitanga e Patrícia Pillar, o médico Dráuzio Varella, os apresentadores Zeca Camargo e Fernanda Lima, o ator Wagner Moura, e os cantores Caetano Veloso, Chico Buarque, Gilberto Gil, o escritor Marcelo Rubens Paiva e os jornalistas Fernando Morais e Juca Kfouri.

A mensagem que circula entre os ‘bolsonaristas’ diz: “Artistas que se manifestaram contra a vontade do povo, pois mamam do dinheiro público! Se faltou algum, acrescente o nome e passe adiante. A ordem é boicotar esses pilantras”.

No entanto, o defensor público federal e presidente da Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais (Anadef) Igor Roque explica que os citados na lista podem entrar com processos por ofensa à honra subjetiva e objetiva contra as pessoas que espalharam as mensagens. (Notícias ao Minuto)

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar