NOTÍCIASPOLÍTICA

Quem são os candidatos que disputarão a Presidência da Câmara para os próximos dois anos

Nesta sexta-feira, todos os olhos em Brasília estarão voltados para o Palácio do Congresso Nacional, formado pela cúpula convexa da Câmara e pela outra, côncava, do Senado. As duas Casas devem eleger seus presidentes para mandatos de dois anos – e o resultado dessas disputas é fundamental para o destino do governo e da política brasileira.

O presidente da Câmara é o terceiro na linha de sucessão presidencial – é ele que assume o comando do Executivo se o presidente e o vice estiverem impedidos ou fora do país. Mas seu maior poder é o de definir quando – e como – as leis e as medidas propostas pelo governo serão votadas.

No começo da semana, o atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) distribuiu aos deputados um ofício com os detalhes do roteiro para a sessão desta sexta – os deputados eleitos em outubro tomarão posse numa sessão que começa às 10h30, e às 13h30 começa o processo de escolha do novo comando da Casa.

Assim como nas últimas vezes, a votação deste ano para o comando da Câmara será marcada por uma profusão de candidatos – mais de dez parlamentares chegaram a se apresentar em algum momento para a disputa do cargo, mas destes, apenas seis seguem na disputa.

Abandonaram a corrida os deputados Alceu Moreira (MDB-RS), João Campos (PRB-GO), Capitão Augusto (PR-SP), Giacobo (PR-PR), Kim Kataguiri (DEM-SP) e Delegado Waldir (PSL-GO). Alguns deles, como Waldir, decidiram disputar outros postos na Casa, e outros declararam apoio a Maia – ele é franco favorito para ganhar a eleição.

Abaixo, a BBC News Brasil explica como será escolhido o novo presidente da Câmara e apresenta os seis prováveis candidatos ao cargo, contando com apoio formal de 16 bancadas. ( BBCNews )

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar